Diocese de Amparo
 
PASTORAL MINISTROS EXTRAORDINÁRIOS DA SAGRADA COMUNHÃO
Assessor: Pe. Edson Luis Andretta
Coordenador: Cláudio


Desde o Vaticano II até os nossos dias, passando por Medellín e Puebla, a Igreja na América Latina vem valorizando cada vez mais a diversificação dos ministérios enriquecendo e multiplicando a sua ação. É uma caminhada em vista de tornar-se uma Igreja toda missionária e toda ministerial. Em Medellín, ao tratar da pastoral de conjunto, afirma “que a Igreja é, antes de tudo, um mistério de comunhão católica” e que “essa comunhão que une todos os batizados, longe de impedir, exige que, dentro da Comunidade Eclesial, exista multiplicidade de funções específicas, pois, para que ela se constitua e possa cumprir sua missão, o próprio Deus suscita em seu seio diversos ministérios e outros carismas que determinam, a cada qual, um papel peculiar na vida e ação da Igreja”. (Medellín 15,6 e 15,7)

A Igreja, para o cumprimento de sua missão, conta com diversidade de ministérios. Ao lado dos ministérios hierárquicos, a Igreja reconhece o lugar dos ministérios desprovidos de ordem sagrada. Portanto, também os leigos podem sentir-se chamados a colaborar com seus pastores no serviço à comunidade.
A experiência na Diocese de Amparo é inteiramente favorável à presença e ação pastoral dos Ministros Leigos, como coordenadores e animadores de diversos serviços e atividades junto à Comunidade Cristã. Esta mesma experiência está a indicar que um determinado ministério deve responder a uma necessidade da comunidade, claramente identificada.
Sem excluir a possibilidade de diversificação crescente de Ministérios Leigos, propõem-se para a Diocese de Amparo, os seguintes:
1 - Ministro da Celebração da Palavra
Suas funções principais são: reunir a comunidade e presidir às suas celebrações; coordenar e orientar a reflexão da Comunidade em torno da Palavra de Deus e ser Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão.

2- Ministro dos Enfermos
Suas funções principais são: visitar os enfermos e idosos em nome da Comunidade Eclesial; dispô-los e prepara-los para os Sacramentos, especialmente para o Sacramento da Reconciliação e a Unção dos Enfermos; levar a Comunhão; ser Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão.

3- Ministro das Exéquias
Suas funções principais são: presidir à cele-bração da Palavra por ocasião das Exéquias; proceder à encomendação do corpo, conforme o ritual; ser Ministro Extraordinário da Sagra-da Comunhão.
 
 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

ÚLTIMOS REGISTROS

LITURGIA DIÁRIA

MÍDIAS SOCIAIS

FacebookPicasaTwitterYoutube

DESTAQUES

Patrocinadores: