REFORMA DA PREVIDÊNCIA: CNBB, OAB E CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA REITERAM POSIÇÃO EM NOTA CONJUNTA