PASTORAL DO MENOR: “CRIANÇAS SÃO AS MAIORES VÍTIMAS DA DESORDEM POLÍTICA E SOCIAL”